BOLSONARO INDICA GENERAL PARA A CASA CIVIL E ONYX LORENZONI DEVE ASSUMIR O MINISTÉRIO DA CIDADANIA


Desgastado desde após viagem de um de seus assessores à Índia, com um avião da Forca Aérea Brasileira (FAB), o gaúcho Onyx Lorenzoni perdeu prestígio junto ao presidente Jair Bolsonaro, que indicou nesta quarta-feira (12/2) o general Walter Souza Braga Netto para ocupar a Casa Civil. Responsável por comandar a intervenção militar no Rio em 2018, Braga Netto é o atual chefe do Estado-Maior do Exército e liderou o Comando Militar do Leste. Onyx Lorenzoni deve assumir o Ministério da Cidadania, hoje ocupado por Osmar Terra, que provavelmente reassumirá seu mandato na Câmara dos Deputados. Bolsonaro já havia retirado da Casa Civil, no final do mês passado, a gestão do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) transferindo-o para o Ministério da Economia. De acordo com aliados do próprio Onyx, o gaúcho soube da decisão pelo Twitter. Lorenzoni, que estava de férias, antecipou seu retorno e já trabalha para se manter no governo.

rodapé ed.png