RENAN: LULA QUER COLABORAR COM SAÍDAS PARA A CRISE


O ex-presidente Lula afirmou ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) estar preocupado com o desdobramento do processo político em curso no país. Os dois se encontraram por cerca de uma hora e meia nesta terça-feira (26), na residência oficial do Senado. "Ele disse que acredita muito no Brasil, que o Brasil é maior do que as suas crises, e que ele quer colaborar com saídas", relatou Renan.

Em resposta, Renan afirmou que reforçou o papel histórico do Senado e o seu esforço pessoal para ampliar a previsibilidade política e constitucional para que a Casa julgue a presidente Dilma Rousseff. "Ao fim e ao cabo [disse] que seria uma decisão política, claro, mas que seria uma decisão de mérito com relação a saber se a presidente cometeu ou não crime de responsabilidade", afirmou.

A conversa com o petista foi a primeira de uma série de reuniões que Renan fará nesta terça e quarta. Ele se encontrará ainda hoje com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto. Amanhã, ele irá ao Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência da República, para uma conversa com o vice-presidente Michel Temer. Segundo Renan, pela tarde ele receberá o senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, em seu gabinete.

"Eu vou continuar conversando com todos. Conversar não arranca pedaço. Acho que o papel do presidente do Senado é exatamente esse. É conversar com todo mundo para, em todos os momentos, demonstrar isenção e responsabilidade com o país. Conversar e trabalhar para construir convergências com todos os atores dessa crise política", disse.

PUBLICADO ORIGINALMENTE EM:

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/228427/Renan-Lula-quer-colaborar-com-sa%C3%ADdas-para-a-crise.htm


rodapé ed.png