CINEASTA JORGE FURTADO É CONTRA O IMPEACHMENT DE DILMA


O cineasta Jorge Furtado participou de atividade em defesa da democracia e contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, realizada no sábado (5/12), no Parque Farroupilha, em Porto Alegre. Furtado disse aos militantes do PT, a simpatizantes e apoiadores do governo Dilma que estava ali, naquele ato, porque o PT decidiu não livrar a cara do Eduardo Cunha. "É só por isso que eu estou aqui”, afirmou. Furtado fez um alerta aos jovens brasileiros: “Eu vivi metade da minha vida em uma ditadura e a outra metade em uma democracia. Garanto aos jovens que a democracia é muito melhor. A gente está vivendo um processo muito grave no Brasil, onde sem acusação formal nenhuma de delito, de malfeito, um bando de gente, esta sim acusada de muitos malfeitos, está querendo se livrar, tirando a presidente com um processo muito falho”, analisou. O cineasta disse que nunca foi filiado a nenhum partido, mas que votou em diversas oportunidades em candidatos do PT. Jorge Furtado admitiu um sentimento de frustração em relação às alianças que foram feitas em nome da governabilidade. “Eu acho que o PT cometeu erros, e um desses erros foi se aliar com canalhas”, disse.


rodapé ed.png